terça-feira, 25 de agosto de 2015

Seminário Arrozeiro de Palmares do Sul acontece neste quarta-feira, dia 26

O Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) é um dos apoiadores do Seminário Arrozeiro de Palmares do Sul, que ocorre nesta quarta-feira (26) no Salão Paroquial do município. O evento é uma realização da Associação dos Arrozeiros de Palmares do Sul, Capivari do Sul, Osório, Cidreira e Balneário Pinhal, com apoio da Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Federarroz) e com patrocínio das empresas Precol e Drakkar. Em Palmares do Sul estão localizados o 21º Núcleo de Assistência Técnica e Extensão Rural (Nate) e a Estação Regional de Pesquisa da Planície Costeira Externa do Irga.

O seminário, com início marcado para 18 horas, prevê palestras com o engenheiro agrônomo Olavo Gabriel Santi, sobre manejo de fertilidade para altas produtividades na cultura do arroz e da soja; com a engenheira química da Petrobras Flávia Aguzzoli, que falará sobre o Diesel S-10 e o Diesel S-500; e com o diretor Financeiro da Federarroz Gustavo Flores, abordando o Fundo Solidário do Granizo. No final do evento, uma paella será servida pela equipe de Eventos e Gastronomia do Irga.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Empresas e comunidade patrocinam competição de Iasmim Peres na Expointer


Após realizar duas etapas do Campeonato Domados do Pampa, onde conquistou as primeiras colocações, a amazonas de Capivari do Sul Iasmim Peres se credenciou para participar da etapa final que acontecerá na Expointer 2015, entre os dias 29 de agosto e 06 de setembro. Para participar dessa competição, Iasmim teve o apoio da Madecasa, Mecânica do Serginho, Jornal Integração, Comaje e Agropecuária Trevo, que patrocinaram as camisetas que foram vendidas. O Jornal Integração realizou a impressão com a foto da amazonas, tirada pela fotografa Betta Fernandes, na frente e no verso a logomarca das empresas.
 
Para angariar fundos, Iasmim e os pais, Moisés e Rosane Peres, venderam as camisetas para amigos e admiradores desse esporte. “Agradeço aqueles que de uma forma ou outra colaboram com esse projeto. Seja patrocinando, vendendo ou comprando as camisetas”, disse Moisés.
 
O proprietário da Madecasa, José Flávio Dutra dos Santos, comentou que fez questão de ser um dos patrocinadores de Iasmim Peres, pois essa jovem representa o município na Expointer. “Devemos apoiar nossos jovens quando praticam boas ações e servem de bons exemplos para os demais”, enalteceu Flávinho. Para confirmar sua satisfação em apoiar Iasmim, o proprietário da Madecasa adquiriu dez camisetas e distribuiu a seus funcionários, que trabalharam vestindo a camiseta no 18 de agosto.
 
No ano de 2013, Iasmim Peres foi campeã nacional na categoria infantil em São Paulo. Em 2014, ela realizou os treinamentos necessários para disputar o Campeonato, porém, a égua do Haras que ela montava ficou doente, fato que a impediu de competir na Expointer. Esse ano, a família comprou a égua Tróia Pégasos, que é treinada em Passinhos, por Eder Lopes. “Esse animal possui todas as condições para proporcionar uma boa colocação a Iasmim em Esteio”, afirma Eder.
 
A capivariense vai disputar provas de Três Tambores, Rédea Espelhada, Seis Balizas e Combinada. A prova de Três Tambores exige habilidade, precisão e velocidade para obter bons resultados. Os tambores são distribuídos de forma triangular, com distância mínima de quatro metros um do outro. Autorizado à largada pelo juiz, o conjunto parte em direção ao primeiro tambor, contornando-o numa volta de 360º, segue em direção ao segundo tambor, contorna-o pela direita na mesma manobra, indo para o terceiro tambor, onde mais uma vez repete a volta de 360º à direita, para disparar, em seguida, rumo à linha de chegada, ponto inicial de partida.
 
Cada tambor derrubado penaliza o competidor em cinco segundos acrescidos ao tempo final. São fatores de desclassificação se houver erro de percurso, se o competidor cair do animal ou se chegar com qualquer parte do corpo para fora do animal. Vence quem faz o menor tempo.
 
A prova de Rédea Espelhada consiste em colocar lado a lado dois competidores em um circuito de obstáculos de forma simultânea. É uma prova que deu muito certo em Esteio. A prova de Seis Balizas coloca o cavalo como um esquiador deslizando em seus esquis. Esse evento contra o cronômetro testa a agilidade e velocidade do cavalo. O percurso consiste em uma série de 6 balizas distantes 6,50 metros uma das outras, nas quais cavalo e cavaleiro vão trançando (costurando) as balizas em alta velocidade. O cavalo corre até o final delas, vira na última e retorna trançando para fora e para dentro, trabalhando no caminho de volta para a primeira baliza. Então, ele faz o contorno na baliza da frente e volta costurando as balizas novamente, até atingir a última. Neste ponto, ele completa o giro e volta em linha reta paralela à fila das balizas em direção à linha de chegada a toda velocidade. Será adicionada uma penalidade de 5 segundos para cada baliza que for derrubada. A prova Combinada consiste em praticar ao mesmo tempo a provas de balizas e tambores.

sábado, 22 de agosto de 2015

EMEF Capivari realiza atividades para comemorar o Dia do Estudante


A Escola Municipal Capivari realizou, no dia 11 de agosto, diversas atividades em comemoração ao Dia do Estudante. A data é comemorada no Brasil neste dia desde o ano de 1927, porque no dia 11 de agosto de 1827 o imperador D. Pedro I autorizou a criação de duas faculdades de direito, uma em Pernambuco e outra em São Paulo, e por isso também se comemora neste dia o Dia do Advogado.
 
Para celebrar a data, os alunos dos anos iniciais tiveram sessão de cinema, cama elástica, pintura de têmpera, entre outras. Os alunos dos anos finais participaram de uma intersérie de futsal com premiação de medalhas para o primeiro lugar feminino e masculino. No lanche, todos se deliciaram com nega maluca e suco.

Rápidas: numeração das casas em Capivari

* Por Carlos Pajares

Desfile Farroupilha
A Prefeitura de Capivari do Sul cancelou o Desfile Farroupilha, uma medida que visa se precaver da doença Mormo que ataca animais e pode até causar morte aos seres humanos.

Numeração 1
O diretor de obras de Capivari do Sul, Geovane Silveira, realizou um levantamento minucioso das residências e empresas da sede do município que não possuíam a numeração indicada pela prefeitura municipal. Para realizar esse trabalho, ele me disse que se postou como se fosse um visitante na procura de um endereço.

Numeração 2

Geovane encontrou 974 residências ou empresas que não possuíam a numeração oficial da prefeitura. A maioria possuía a numeração oferecida pela CEEE. No entanto, disse que foi somente no início desse ano que a prefeitura conseguiu reorganizar com precisão todos os lotes localizados na sede do município.

Bloqueio das contas
O deputado federal Pompeu de Mattos criticou duramente o Governo Federal por ter bloqueado o repasse para o Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Disse que a federação tem que se “acordar” ou o Estado terá que voltar a situação Farroupilha. Também comentou que o Brasil está tomando as riquezas dos gaúchos e deve para o Rio Grande e não paga. Não faz o fechamento de contas, o encontro de contas. “Temos que reagir com força, com determinação, com veemência”, frisou.

Secretários municipais
O prefeito de Palmares do Sul, Paulo Lang, exonerou dois secretários municipais com objetivo de enxugar a folha de pagamento: Endrigo Gonçalves, da secretaria de Turismo, e a vereadora Maristela Teixeira, da pasta de Desenvolvimento Social. A vereadora assume o lugar do suplente Jair Oliveira na Câmara de Vereadores. Antes de assumir o Legislativo, Jair era secretário de Obras. A secretaria de Indústria e Comércio e Agricultura já são administradas por um só secretário.

Concurso público
A prefeitura de Palmares do Sul abriu concurso público para agente de vetores e zoonoses, advogado, arquiteto, assistência social, contador, engenheiro civil, fiscal de obras, fisioterapeuta, médico, monitor de turma, motorista, nutricionista, odontologia, oficial de serviços gerais, operador de máquinas, psicólogo, técnico em contabilidade e técnico em tributos. Ao todo são 19 vagas.

Enxugamento
Longe de querer dar “pitaco” na administração do prefeito de Palmares do Sul, Paulo Lang, mas no mínimo é curioso. Por um lado, ele exonera dois secretários municipais alegando que é para enxugar a folha de pagamento, mas, por outro lado, emite um edital para abertura de concurso público com objetivo de contratar 19 profissionais, sendo que a maioria exige curso superior onde os salários com certeza serão similares ao de um secretário municipal.

Prefeitura lança projeto para recuperação de crédito


Os contribuintes de Capivari do Sul que estão inadimplentes com os impostos, taxas ou outro tipo de dívida com a Prefeitura terão, até o final do ano, oportunidade para colocar em dia e regularizar todos seus débitos, com vantagens exclusivas. Com objetivo de criar incentivos à recuperação de créditos e promover a reabilitação fiscal no município, o Executivo lançou, através de projeto de lei, o Programa de Recuperação de Crédito da Fazenda Pública Municipal – REFAZ, que concede o perdão total das multas e juros dos créditos de qualquer origem e natureza do contribuinte, como por exemplo o IPTU.
 
Conforme a lei, aprovada pelo Legislativo, os créditos tributários e não-tributários lançados até 31 de dezembro de 2014, e que se encontram em fase de cobrança judicial ou administrativa, poderão ser pagos em três condições (veja o quadro ao lado).
 
Os benefícios da lei não valem para débitos gerados em 2015. Os contribuintes que já parcelaram seus débitos também podem participar do REFAZ, desde que se adaptem às regras do Programa estabelecidas na lei. Ficam excluídos do programa os débitos objeto de decisão judicial transitada em julgado em favor do município.
 
O atraso no pagamento de qualquer parcela por período superior a 60 dias implicará no cancelamento e perda dos benefícios previstos no programa.
Os contribuintes que quiserem quitar suas dívidas já podem procurar o Setor de Tributos da Prefeitura para solicitar um novo cálculo e impressão do boleto para pagamento.
 
Veja a Lei Municipal nº 956 na íntegra no site www.capivaridosul.rs.gov.br, no link Legislação – Leis.

Confira os benefícios para pagar suas dívidas  

– Requisições feitas até 15 de novembro e pagas até 30 de novembro: se quitadas em parcela única, o benefício será de 100% de redução de multa e juros devidos
– Requisições feitas entre 16 e 30 de novembro e pagas até 15 de dezembro: se quitadas em parcela única, haverá redução de 80% na multa e juros
– Requisições feitas entre 01 e 15 de dezembro: podem ser pagas em até 24 vezes, com dedução de 50% da multa e juros, sendo o pagamento da primeira parcela até dia 30 de dezembro

Mormo cancela Desfile Farroupilha em Capivari


Por questões de segurança, Capivari do Sul cancelou o tradicional Desfile Farroupilha, que aconteceria no dia 19 de setembro. A medida foi acertada nesta semana após reunião do prefeito Marco Cardoso com o patrão do Piquete Laçadores de Capivari do Sul, Duval Netto. Conforme o prefeito, desde junho, quando foi registrado o primeiro caso de mormo no Estado, é obrigatória a apresentação do exame negativo da doença para que os cavalos possam participar de eventos.
 
Para qualquer atividade com concentração de animais, os criadores devem apresentar a Guia de Trânsito Animal, que aprove a circulação dos cavalos, comprovar vacina contra Influenza e resultados negativos para anemia e mormo. “Como muitos cavalos do município não possuem essa documentação, decidimos não arriscar a saúde dos animas e, principalmente, da população”, explicou o prefeito. No mês passado, o espetáculo A Saga de Giuseppe Garibaldi em Capivari do Sul, que aconteceria durante a Expofeira, também foi cancelado.
 
Segundo a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, órgão que fiscaliza as documentações dos animais, até o momento, um caso da doença de mormo está confirmado no Estado e outros 19 animais estão sob suspeita, aguardando resultado.
 
Em relação à cavalgada, o prefeito salientou que será cobrado o exame de mormo de todos os animais que transitarem pelo município. “Caso algum animal passe pela fiscalização sem ser cobrado, queremos esclarecer que a responsabilidade será do dono e do organizador do evento”, destacou.

Cancelamento ocorreu em diversas cidades do Rio Grande do Sul

Pelo menos mais oito cidades do interior do Rio Grande do Sul cancelaram o Desfile Farroupilha por conta do mormo. Por não conseguirem a documentação a tempo, os representantes dos Movimentos Tradicionalistas Gaúchos em Bagé, Caçapava do Sul, Dom Pedrito, Canguçu, Hulha Negra, Lavras do Sul, Júlio de Castilhos e Piratini, também decidiram não ir às ruas no dia 20 de setembro. Em Palmares do Sul, a prefeitura municipal ainda não havia decidido se cancelaria os eventos farroupilhas até o fechamento desta edição.

sábado, 15 de agosto de 2015

Associação dos Arrozeiros realiza palestra sobre irrigação por gotejamento subterrânea no arroz


A Associação dos Arrozeiros de Palmares do Sul, Capivari do Sul, Cidreira e Balneário Pinhal, em parceria com a Agrimar, representante da Netafim e com apoio do Sicredi, promoveu uma palestra sobre Irrigação por Gotejamento Subterrânea do arroz dia 2 de agosto no Hotel e Restaurante Vô Telmo, em Capivari do Sul.
 
Roberto Hirtz Dutra, presidente da associação, abriu os trabalhos dizendo que, há muitos anos, filmes como “Viagem ao Fundo do Mar” eram apenas ficções científicas. Hoje, isso é uma realidade. Segundo ele, o sistema por gotejamento é futurista e vai trazer 50% de economia na água para a irrigação do arroz e 50% de economia na energia elétrica. “É um sistema com sustentabilidade”, disse.
 
O engenheiro agrônomo da Netafim, Carlos Sanches, explicou em detalhe como funciona o sistema. Frisou que existem inúmeras influências externas as quais estão forçando a indústria agrícola a pesquisar e adaptar-se as tecnologias mais avançadas. Existe uma necessidade de implementar estratégias de gerenciamento mais eficientes e ainda, ao mesmo tempo, continuar lutando para sobreviver em um ambiente altamente competitivo no mercado.
 
Afirmou que o uso de sistemas de irrigação subterrânea por gotejamento traz mais oportunidades para que se irrigue de forma mais eficiente e ainda se automatize todo o sistema. O fato de  todo o sistema de campo estar enterrado, abre novas possibilidades para a total mecanização do processo produtivo.
 
“Existem algumas diferenças entre os projetos de irrigação por gotejamento de superfície e enterrada. O sistema subterrâneo permite o uso de sistema de saneamento de água para fins de irrigação. Este estudo tratará de assuntos tais como diversidade de culturas, exigências do projeto, programação da irrigação, fertirrigação e manutenção do sistema de irrigação subterrânea por gotejamento”, esclareceu Carlos.
 
O técnico da Netafim disse que a irrigação por gotejamento subterrânea do arroz é um sistema inteligente e eficiente de irrigação com economia de até 50% de água, apresenta um expressivo aumento de produtividade e possibilita plantio direto e rotação com culturas de verão e inverno. 

Também salientou que existe uma germinação uniforme das sementes, pois é possível irrigar e fertirrigar diretamente nas raízes das plantas de acordo com sua fase de crescimento. Também possibilita o plantio na entre safra e trabalha em diferentes tipos de topografias e áreas com perímetros irregulares. “Esse sistema oferece um aumento de produtividade no custo de produção, pois não é necessário o usos de taipas”, concluiu o engenheiro agrônomo.
 
O presidente da Associação informou que esse novo sistema despertou o interesse de um palmarense que pretende plantar a título de experiência cinco hectares de arroz e cinco de soja.